Pesquisar este blog

Sejam Bem-Vindos / Welcome

Poemas e textos sobre depressão, solidão, suicídio e morte, entre outras coisas. Não se assustem, este blog funciona como se fosse uma terapia. Não vou gastar grana com um charlatão só para ficar me ouvindo e dando conselhos inúteis.
Poems and texts about depression, loneliness, suicide and death, among other things. Do not get scared because this blog works as if it were therapy. I won't spend money to some charlatan guy just to be listening to me and giving me useless advice.

segunda-feira, 4 de julho de 2011

A minha vida é um barco abandonado




A minha vida é um barco abandonado

A minha vida é um barco abandonado
Infiel, no ermo porto, ao seu destino.
Por que não ergue ferro e segue o atino
De navegar, casado com o seu fado ?
Ah! falta quem o lance ao mar, e alado
Torne seu vulto em velas; peregrino
Frescor de afastamento, no divino
Amplexo da manhã, puro e salgado.

Morto corpo da ação sem vontade
Que o viva, vulto estéril de viver,
Boiando à tona inútil da saudade.

Os limos esverdeiam tua quilha,
O vento embala-te sem te mover,
E é para além do mar a ansiada Ilha.
(by Fernando Pessoa)

Sobre o Autor:
Crazyseawolf Para saber mais sobre o autor deste blog, visite seu perfil noGoogle+ ou este outro link, , ou ainda este outro link. Para enviar uma mensagem, clique aqui. Para outras informações, leia o FAQ.

Um comentário:

  1. maravilhoso o texto
    estou seguindo... vamos compartilhar experiencias! parabens pelo blog!

    ResponderExcluir

Comentários de anônimos são deletados.
Leia a minha Política de Comentários antes de continuar.

  • Se encontrar alguns erros, não critique! Me ajude a corrigí-los.
  • If you find some mistakes, don't criticize me! Help me to correct them.
 
Template Denim, criado por Darren Delaye, customizado por Crazyseawolf .:o:. Shattered window with bars from Stockvault.